TODO AQUELE QUE CRÊ NUM DOGMA, ABDICA COMPLETAMENTE DE SUAS FACULDADES. MOVIDO POR UMA CONFIANÇA IRRESISTÍVEL E UM INVENCÍVEL MEDO DOENTIO, ACEITA A PÉS JUNTOS AS MAIS ESTÚPIDAS INVENÇÕES.

Terça-feira, 06 de Abril de 2010

"E conhecereis a Verdade, e a Verdade vos libertará." - (João, 8:32)

 

O livro "Cristianismo e o Espiritismo de Léon Denis, diz: "Depois da morte do Mestre, os primeiros cristãos possuíam, em sua correspondência com o mundo invisível, abundante fonte de inspirações. Utilizavam-na abertamente. Mas as instruções dos Espíritos nem sempre estavam em harmonia com as opiniões do sacerdócio nascente, que, se nessas relações achava um amparo, nelas, muitas vezes, encontrava também uma crítica severa, e, às vezes, mesmo uma condenação."

Nos primeiros séculos o Cristianismo nascente perdeu duas de suas bases angulares: 1-a comunicação com os Espíritos dos desencarnados e 2-a multiplicidade das existências do Espírito na carne, apesar de o Novo Testamento propiciarem a comprovação da realidade desses dois postulados.

Asseverou o Mestre que "nada há encoberto que não haja de revelar-se, nem oculto que não haja de saber-se", deixando antever, como decorrência, que Deus, em sua infinita misericórdia e em sua soberana vontade, quer que todos os seus filhos se aprimorem e sejam impregnados de virtudes santificantes, suscetíveis de fazer com que eles dele se aproximem.

Os que seguirem essa senda divisarão um novo horizonte, e nada para eles permanecerá oculto, pois tudo lhes será gradualmente revelado; será como uma luz que brilha nas trevas, dando azo a que se libertem, através do conhecimento da Verdade.

A fim de demonstrar o empenho do Pai Celestial, no sentido de impulsionar as criaturas para a frente e para o Alto, e também confirmar que, para Ele, não existem
privilégios, nem distribuição indevida de graças, Jesus Cristo acrescentou em seus ensinamentos: "Não vos chamo de servos, porque ao servo não é dado conhecer a vontade do seu senhor, mas vos chamo de filho, porque aos filhos é dado saber a vontade do Pai."

Conclui-se, portanto, que é imprescindível o conhecimento da Verdade, para que as criaturas transponham os abismos do erro e do obscurantismo, libertando-se dos liames, dos dogmas e dos preconceitos. Para a conquista desse conhecimento, os estudos e o interesse pelas palavras daqueles que são mais esclarecidos podem fazer com que a luz da Verdade se faça presente, traçando um balizamento para atingir os desideratos superiores, uma vez que a vontade de Deus é que todos os seus filhos se tornem Espíritos Puros.

O Espiritismo representa o cumprimento da promessa de Jesus Cristo sobre o advento do Consolador, do Espírito de Verdade, e foi revelado no tempo propício, quando a Humanidade mais carece de esclarecimentos e quando está apta a levantar uma parte do véu que encobre a Verdade.

Se, até agora, devido às injunções de ordem material e à prevaricação de muitos mentores religiosos, as religiões do ramo cristão não conseguiram manter entre si um elevado elo de fraternidade e de tolerância, entrelaçando-se como irmãos, daqui por diante a Doutrina do Cristo, restaurada em suas primícias, através da Codificação da Doutrina Espírita, fará com que os seres humanos se irmanem, sob a égide do Grande Mestre, que, pelos seus maravilhosos ensinamentos, nos apresentou um Deus que é a expressão máxima do amor, da misericórdia e da justiça, um Pai que deseja, ardentemente, que todos os seus filhos colimem a REDENÇÃO ESPIRITUAL, tornando-se aptos a se libertarem pelo conhecimento da Verdade.

Numerosos missionários que Deus enviou à Terra sofreram flagelações e morte pelo amor à Verdade.
— Jesus Cristo foi crucificado, porque fez uma luz brilhar nas trevas e por ter anunciado Verdades novas;
— Sócrates foi obrigado a tragar uma taça de cicuta, pois, em seu tempo, procurou levantar uma ponta do véu que encobre a Verdade;
- Paulo de Tarso foi decapitado por querer fazer com que a Verdade suplantasse a mentira da idolatria e da falsa mediunidade;
- João Batista foi decapitado por ter evidenciado a Verdade no relacionamento imoral de Herodes;

-Joana D'Arc foi queimada viva, em virtude de ser um instrumento da Verdade, no relacionamento com o mundo espiritual, através de sua mediunidade, uma prática consagrada pelo Cristianismo, mas repudiada por algumas religiões;
- Tiago Maior foi morto à espada, por ordem de Herodes, em virtude de ter desobedecido à ordem de não mais apregoar as Verdades reveladas por Jesus Cristo.

Paulo A. Godoy

tags:
publicado por SÉRGIO RIBEIRO às 04:33

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

16


25
26


Últ. comentários
Excelente texto. Parabéns!
É como você mesmo colocou no subtítulo do seu blog...
Ok, Sergio.O seu e-amil é só esse: oigres.ribeiro@...
Ok, desejaria sim.
Ola, Sérgio.Gotaria de lhe fazer um convite:Gostar...
Obrigado e abraços.
www.apologiaespirita.org
Ola, Sérgio.Gostei de sua postagem, mas gostaria s...

blogs SAPO


Universidade de Aveiro